ALOE VERA – protege o sistema imunológico, limpa a pele, mucosas, intestino grosso

Aloe vera é uma das 420 (ou mais) espécies do gênero Aloe. Seu nome botânico é Aloe barbadense Miller, e pertence à família Liliaceae. É uma planta perene, xerófita (adaptada a viver em climas semiáridos), suculenta verde e tem folhas triangulares e carnudas com bordas serrilhadas. Parece que a origem geográfica da aloe vera está no Sudão, e posteriormente foi introduzida na região do Mediterrâneo e na maioria das áreas mais aquecidas do mundo, incluindo África, Ásia, Índia, Europa e América.
O gel de aloe é a substância clara, semelhante a geléia, encontrada na parte interna da folha da planta . O látex de aloé aparece bem abaixo da casca verde da planta e é de cor amarela. Alguns produtos de aloe são feitos de toda a folha esmagada, de modo que eles contêm gel e látex.

ALOE

Aloe vera é considerada a espécie biologicamente mais ativa de todas de seu gênero. Surpreendentemente, mais de 75 componentes potencialmente ativos foram identificados na planta, incluindo vitaminas, minerais, sacarídeos, aminoácidos, antraquinonas, enzimas, lignina, saponinas e ácidos salicilicos. Ela fornece 20 dos 22 aminoácidos humanos necessários e oito dos oito aminoácidos essenciais.
Aloe vera contém muitas vitaminas e minerais vitais para o bom crescimento e função de todos os sistemas do corpo. Aqui está uma explicação fácil dos componentes ativos do aloe vera:

. Aloe vera contém vitaminas antioxidantes A, C e E – mais vitamina B12, ácido fólico e colina.
. Contém oito enzimas, incluindo liase, fosfatase alcalina, amilase, bradiquinase, carboxipeptidase, catalase, celulase, lipase e peroxidase.
. Minerais como cálcio, cobre, selênio, cromo, manganês, magnésio, potássio, sódio e zinco estão presentes no aloe vera.
. Fornece 12 antraquinonas – ou compostos conhecidos como laxantes. Entre eles estão a aloina e a emodina, que atuam como analgésicos, antibacterianos e antivirais.                                                                                                                                                     . .Quatro ácidos graxos estão presentes, incluindo colesterol, campesterol, beta-sisosterol e lupeol – todos fornecendo resultados anti-inflamatórios.
. Os hormônios chamados auxinas e giberelinas estão presentes; eles ajudam nas cicatrização de feridas e possuem propriedades anti-inflamatórias.
. A planta Aloe vera fornece açúcares, como monossacarídeos (glicose e frutose) e polissacarídeos.
Benefícios comprovados da Aloe Vera: Em 2009, uma revisão sistemática mostrou 40 estudos que envolveram o uso de aloe vera para fins dermatológicos. Os resultados sugerem que a administração oral de aloe vera funciona efetivamente para curar feridas, diminuir o número e tamanho de papilomas (pequenos crescimentos na pele) e reduzir a incidência de tumores em mais de 90%, no fígado, baço e medula óssea. Os estudos também mostraram que o aloe vera efetivamente trata herpes genital, psoríase, dermatite, herpes simplex labial e inflamações. Pode ser usada com segurança como um agente antibacteriano.

Em 1959, a Administração de Alimentos e Medicamentos dos EUA (FDA) aprovou o uso de pomadas de aloe vera como medicamento de venda livre para cicatrizar queimaduras na pele. Quando o gel de aloe vera é usado em queimaduras, evita a supressão induzida por UV, para que a área possa se curar a uma velocidade mais rápida.
Cura Feridas Labiais (herpes): Quando o gel de aloe vera é aplicado a uma ferida labial algumas vezes por dia, melhora o desconforto e ajuda a acelerar o processo de cicatrização. Também é seguro quando consumido via oral, então não há necessidade de se preocupar com a ingestão . Aloe vera tem propriedades antivirais e anti-inflamatórias que aceleram a cicatrização e reduzem a dor associadas a herpes simplex  ou feridas na boca (aftas).

Os aminoácidos e vitamina B1, vitamina B2, vitamina B6 e vitamina C também são extremamente úteis. Um dos benefícios da vitamina B6, por exemplo, é atuar como um tratamento natural da dor e cria anticorpos que o nosso sistema imunológico usa para nos proteger.
Hidrata cabelo e o couro cabeludo: Aloe vera é um excelente tratamento natural para cabelos secos e/ou couro cabeludo com coceira. Tem propriedades nutritivas e suas variadas vitaminas e minerais mantêm seus cabelos fortes e saudáveis. Devido às propriedades antibacterianas e antifúngicas de aloe vera, também ajuda combater a caspa e as enzimas presentes no gel podem livrar o couro cabeludo de células mortas e promover a regeneração do tecido da pele ao redor dos folículos pilosos.

Trata constipação: O uso do latéx de aloe como laxante é muito pesquisado. As antraquinonas presentes no látex criam um potencial laxante que aumenta o teor de água intestinal, estimula a secreção de muco e aumenta o peristaltismo intestinal, que são as contrações que quebram o alimento e misturam o quimo.
Ajuda a digestão: Devido aos seus componentes anti-inflamatórios e laxantes, outro benefício de aloe vera é a sua capacidade de ajudar com a digestão. O suco de aloe vera ajuda a digestão, normaliza o equilíbrio ácido / alcalino (pH), diminui a formação de fermentação, encoraja a atividade da bactéria digestiva e regulariza o processamento intestinal.
Um estudo relatado no Jornal de Pesquisa de Ciências Médicas (Journal of Research in Medical Sciences) descobriu que 30 mililitros (30ml) de suco de aloe vera duas vezes por dia diminuíram o nível de desconforto em 33 pacientes com síndrome do intestino irritável. A flatulência também diminuiu para os participantes, porém a consistência, urgência e freqüência de fezes permaneceram as mesmas.
Aloe vera tem sido usada para acalmar e curar úlceras de estômago porque possui agentes antibacterianos e propriedades curativas naturais que podem restaurar o revestimento do estômago de volta ao equilíbrio.
Aumenta o sistema imunológico: As enzimas presentes na aloe vera quebram as proteínas que comemos em aminoácidos e transformam as enzimas em combustível para cada célula do corpo, o que permite que as células funcionem corretamente. A bradicinase na aloe vera estimula o sistema imunológico a matar infecções. O zinco também é um componente importante na aloe vera, tornando-a uma ótima fonte para suprir a deficiência de zinco – pois é essencial manter a função imune.
Isso nos ajuda a evitar doenças, matar bactérias e proteger a função de nossas membranas celulares. O zinco também é um componente estrutural chave para uma série de receptores hormonais e proteínas que contribuem para um humor saudável e uma equilibrada função imune.

Aloe Vera está sendo chamada de ‘planta milagrosa’ porque provou ser uma planta anti-séptica, anti-inflamatória, antiviral e antifúngica, e é muito boa na construção do sistema imunológico sem causar reações alérgicas ou efeitos colaterais.

Ela também vem sendo pesquisada para tratamentos  odontologicos.
Fornece antioxidantes e reduz a inflamação: Sabemos que a inflamação está na raiz da maioria das doenças. Aloe vera fornece uma incrível quantidade de vitaminas e minerais que ajudam a reduzir a inflamação e combater os danos de radicais livres.
Trata Diabetes: Algumas evidências em humanos e animais sugerem que aloe vera é capaz de abaixar a hiperglicemia crônica (açúcar no sangue) e o perfil lipídico perturbado (aumento de pêso) que são comuns entre pessoas com diabetes e são fatores de risco importantes para complicações cardiovasculares. Isso promove a cura natural da diabetes acrescentando mais benefícios à sua enorme lista.

Fatos interessantes
Aloe vera foi oficialmente listada como protetora de pele e purgante natural pela farmacopearia dos Estados Unidos em 1820 e foi clinicamente utilizada na década de 1930 para o tratamento de queimaduras de radioterapia na pele e nas mucosas. Na verdade, a fabricação de extratos de aloe vera é uma das maiores indústrias botânicas do mundo.
Em 2004, o valor da indústria de aloe vera foi estimado em US $ 125 milhões de dólares pelo custo do material bruto de aloe e US $ 110 bilhões de dólares para produtos fabricados com aloe.

Os extratos de aloe vera são utilizados como conservantes NATURAIS de alimentos frescos e para conservação de água em pequenos tanques de fazendas.
Precauções                                                                                                                                              . Não tome aloe vera, seja gel ou látex, se estiver grávida ou amamentando. Há alguns relatos de aloe causando aborto espontâneo e defeitos congênitos. Crianças com menos de 12 anos de idade podem sofrer dor abdominal, cólicas e diarréia, então não é recomendável aloe vera para uso infantil.
. Se você tem diabetes, algumas pesquisas sugerem que o aloe pode diminuir o nível de açúcar no sangue, então, se você tomar aloe por via oral e tiver diabetes, monitorize seus níveis de açúcar no sangue diariamente.
. Se você tem condições intestinais, como doença de Crohn, hemorróidas, colite ou obstrução ulcerativa, não tome aloe latéx porque pode causar irritação intestinal.
. Pare de tomar aloe pelo menos duas semanas antes de uma cirurgia programada porque pode interferir com o contrôle de açúcar no sangue.
. Doses elevadas de látex de aloe foram associadas à insuficiência renal e outras condições graves, portanto, não tome aloe latéx se você tiver problemas renais.
. Antes de tomar aloe vera, consulte seu médico se você tiver alguma das condições listadas acima.

RECEITA DE SUCO DE ALOE VERA
Seguindo este guia, você vai fazer o suco de Aloe vera com segurança em casa e obter todos os seus benefícios sem gastar quase nada.
1. Ingredientes. Você vai precisar de:

1 colher de sopa (15 ml) de vinagre branco;
1 copo (200 ml) de água ;
1 copo (200 ml) de qualquer suco de frutas cítricas.
2. Corte uma ou duas folhas de uma planta Aloe barbadensis Miller.
3. Pegue uma faca afiada, retire a casca verde das folhas da planta com cuidado e descarte-as.
4. Remova a camada amarela enxaguando-a suavemente em uma solução de 1 colher de sopa (15 ml) de vinagre branco e 1 copo (200 ml) de água.
Depois de remover a casca e as camadas amarelas, você deverá ficar apenas com o gel de aloe vera transparente.
5. Após remover a camada amarela raspe até aproximadamente obter 2 colheres de sopa (30 ml) do gel transparente de aloe vera .
6. Coloque as 2 colheres de sopa (30ml) de gel de aloe vera transparente em um liquidificador imediatamente.
7. Adicione 1 copo (200 ml) de qualquer suco natural à base de cítricos, como laranja ou limão, ao liquidificador.
8. Bata o suco e o gel até que tenham uma aparência uniforme.
9. Despeje o suco misturado em um copo e aproveite!

Fontes:

The Better Homes and Gardens Plant Encyclopedia

Como preparar suco de Aloe Vera – Wikihow

Anúncios